###COOKIEFRAME###
###COOKIEBUTTON###
###COOKIEINFO###
  • Suporte de amostras tipo rosca, tipo 8033, Fmax 200N zwicki-Line Z2 com Suporte de amostras tipo rosca, tipo 8253, Fmax 2,5 kN

Características do suporte de fixação tipo rosca

 

Com os suportes de fixação tipo rosca, a força de aperto pode ser exercida manualmente ou através de um motor elétrico. Eles são usados preferencialmente para cargas de ensaio menores (de 20 N a 50 kN no máximo) e amostras mais finas, como com fios finos, fibras e tiras.

  • A força de aperto depende do torque do parafuso e da flexibilidade do suporte de amostras
  • Os apoios de amostras são de simples utilização
  • A grande largura de abertura possibilita maior flexibilidade de uso
  • Devido à forma em U dos suportes de amostras tipo rosca, estes são bastante acessíveis
  • Devido ao princípio de construção simples, os suportes de amostra são, na sua versão padrão, resistentes à temperatura
  • Dependendo do tipo, os suportes de amostras têm um rolamento axial na unidade tensora para aumentar forças de tensão
  • Muitos suportes de amostras tipo rosca permitem o livre ajuste das garras. Isto possibilita que mesmo as amostras assimétricas sejam testadas

Suporte de amostras com mola helicoidal, tipo 8135, Fmax 20N

Suporte de amostras com mola helicoidal

Este tipo de suporte de amostras destina-se principalmente a testes com forças muito baixas. O seu peso é tão baixo em relação à força nominal do sensor de força conectado, que não impõe restrições ao campo de medição da força. A força de aperto é gerada com uma mola cuja força é ajustada previamente. Desta forma, consegue-se testar os materiais mais sensíveis ao aperto sempre com a mesma força de aperto.



Solicitação
Titulo*
País*
* Campos obrigatórios